sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Adeus precoce.

            Sejam muito bem vindos, fiquem à vontade! Trago para nosso debate um assunto muito interessante no futebol atual (nacionalmente falando): A saída precoce de nossas "jovens promessas" para o exterior.
           Com o passar dos anos, o futebol deixa de ser cada vez mais apenas uma modalidade esportiva, e passa a ser um grande espetáculo, e como em todo espetáculo, hoje temos em campo muito mais do que jogadores, temos verdadeiros artistas. O esporte vem adquirindo diversos atletas de alto nível para compor o seu "elenco", e por incrível que pareça, estes "artistas" são revelados cada vez mais cedo. No Brasil temos inúmeros casos de jogadores que sequer jogaram pelo time profissional do clube que os revelaram. Podemos citar os exemplos dos irmãos gêmeos Fábio e Rafael, que saíram de forma precoce de seu país para atuar por um dos maiores clubes do futebol moderno, o Manchester United. E os exemplos não param por aí, porém, não vim aqui hoje para trazer uma lista de jogadores.