quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Que venham ao Carioca


O Campeonato Carioca é questionado, criticado, mal falado e como se não bastasse, sofre preconceito quando comparado a outros campeonatos com melhor nível técnico. Lamentável, dado o fato de ter sim o seu charme e suas peculiaridades. Aliás, todo ano é assim, não pode mudar.

Em São Paulo a genialidade é show, a classe não pode faltar. No Rio o cômico vira música, o incerto vira realidade e o Flamengo, bom, é sempre O FLAMENGO. Não adianta. O time, talvez, mais desacreditado pela mídia entre os quatro grandes do estado no início Carioca, é líder do grupo e agora tem um novo xodó.  A vitória do time da Gávea sobre o tradicional Friburguense, conseguiu de forma irreverente atrair as atenções para o contestado Campeonato Carioca. Onde mais as comparações com jogadores de maior expressão são tão constantes? Obina era "melhor que Eto'o", Rafinha é "melhor que Neymar". 

O Flamenguista não é ingênuo. Sabe que Rafinha, ainda, está longe de ser craque, mas canta consciente. Não no que diz respeito ao que suas músicas insinuam, mas na provocação às torcidas rivais. Torcidas estas que, não conseguem acreditar no que estão ouvindo e entram na provocação da nação rubro negra. Para a alegria dos flamenguistas. Pronto, estão estabelecidas as discussões sadias sobre o futebol e sobre o real valor dos cânticos entoados nas arquibancadas. Torcedores indignados, flamenguistas rindo a toa. Faz parte, é válido. Aqueles que cornetaram o Campeonato Carioca, agora querem saber o que está acontecendo por lá. Neste momento onde está a genialidade de Neymar, os recordes de Ceni, ou o astro Forlán, diante deste menino franzino que acaba de aparecer no cenário? Rafinha está aí e, hoje, todos à ele.

2 comentários:

  1. Não sei se isso é normal de todo torcedor, afinal, nunca tive outro time que não Flamengo. Mas posso quase dizer que isso é coisa de torcedor do Flamengo: um dia estamos no inferno, abraçando o capeta, noutro, estamos no ceu. Num paraiso. Acho que a magica de ser Flamengo é justamente num jogo Vaiar um jogador que ta mal, e no outro, esse jogador ser o melhor do mundo e sair aplaudido. Jogador que joga no Mais querido sabe que se for se abalar com isso, é melhor nem entrar em campo. Viu, galera? Não é nem um pouco dificil agradar a torcida do Flamengo. Basta pagar em dia, basta prometer mudanças e cumpri-las, basta fazer diferente, basta o time jogar com raça. Basta, mais que vencer, CONVENCER.
    E eu to convencido de que essa administração nova tem TUDO para ser Histórica e Épica, não so no cenário do Clube mas como no Futebol Brasileiro!

    "Ser Flamengo é uma emoção diferente. Quem é, já conhece! Quem não é, não entende!"

    ResponderExcluir