quarta-feira, 15 de maio de 2013

Fiel



Polêmicas à parte, dentro desta própria Libertadores, foi fantástico. Ninguém se ilude, logicamente bastam alguns resultados desfavoráveis para acabar todo este "amor". Talvez uma derrota diante do Santos no domingo, seja suficiente para fechar o tempo. Mas não se pode negar que a atitude de grande parte do público presente no Pacaembu, na eliminação do Corinthians mediante ao Boca, foi de tirar o chapéu.

Torcedor tem sim o direito de cobrar. Paga o ingresso, tem direito de chiar caso o espetáculo não seja de acordo com suas expectativas. Isso mesmo, espetáculo. Ou não é isso que as grandes organizações estão fazendo com o futebol? O que não vale, e isso é inquestionável, é acordar pela manhã e ver uma manchete estampando agressões aos jogadores, ou até mesmo a suas casas e famílias. Mas dentro do estádio, alí, pode gritar, xingar e em uma eliminação na Libertadores então, é admissível que a torcida até mesmo... apoie? Apoiou. Atual campeão da Copa Libertadores da América e Mundial, finalista do Campeonato Paulista com a vantagem do empate para a segunda partida da decisão, é o mínimo que podriam receber de seus torcedores. Infelizmente cansamos de ver torcidas chutando o balde, rasgando o verbo e até mesmo cometendo atos de vandalismo por um resultado isolado. Hoje foi diferente. Felizmente. O reconhecimento surgiu, surpreendendo. Aqueles que em dezembro deram o mundo aos torcedores, hoje tiveram uma torcida ainda mais fiel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário