quinta-feira, 20 de junho de 2013

Taiti: Xodó brasileiro


Impossível acreditar que a o Taiti não sairia derrotado pela Espanha, no Maracanã, na tarde desta quinta feira. Independente disso, assim como aconteceu na primeira rodada, grande parte dos torcedores presentes apoiaram a equipe amadora, tornando-a definitivamente a seleção "queridinha" da Copa das Confederações.


É difícil imaginar o que passou pela cabeça de cada jogador taittiano antes da partida contra a melhor seleção do momento. Já a Fúria, entrou em campo visando uma fácil classificação para a próxima fase. E tinha como ser diferente?

1, 2, 3... 10 gols foram anotados pelos espanhóis. E por incrível que pareça, não faltou respeito ao modesto adversário. Do lado oposto, a maior comemoração foi proveniente de um pênalti.

Isso mesmo. Mas foi uma penalidade perdida por Fernando Torres. As arquibancadas foram tomadas pelos gritos de alegria, ao ver a bola explodindo na trave e subindo para longe. Hoje, este foi o "gol" do Taiti.

Além disso, em geral valeu.

Valeu por jogar no histórico Maracanã, contra grandes jogadores da história do futebol. Valeu os apertos de mão e camisas trocadas no fim da partida. Valeu o carisma que esta seleção mostrou e que conquistou os brasileiros. Com certeza marcaram a Copa das Confederações. 

Do jeito deles, mas marcaram. 

No fim, valeu.



Nenhum comentário:

Postar um comentário