sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Tiro no pé


No futebol moderno, os clubes parecem estar cada vez mais ligados aos departamentos de marketing e assessoria de comunicação. Em diversos casos, são os profissionais destes setores que trabalham em prol de divulgar de forma produtiva a imagem da marca.


Sim, marca. Seja o escudo ou nome do clube, não importa, virou marca.

Mas tratando-se de futebol, principalmente, não há regra. Não tem como prever o resultado de uma ação publicitária.

Certamente o indivíduo que criou a cláusula referente a este amistoso entre Barcelona e Santos no contrato de venda de Neymar, não esperava um resultado tão negativo.

Embora a derrota fosse um resultado perfeitamente previsível.

O Santos não faz um bom Campeonato Brasileiro. Na verdade não atua de forma magistral há tempos.

8x0. Talvez nem mesmo os clubes rebaixados no último campeonato espanhol perdessem desta forma.

Perdeu Neymar. Já estava na hora, teria de ser vendido mesmo para desabrochar todo seu talento. Mas também perdeu a oportunidade de ficar aqui, quetinho no Brasil, sem humilhações.

Trágico foi o desempenho santista. Mais ainda a imagem passada, principalmente para o Brasil.

Se a ideia era aparecer na vitrine, conseguiram. Mas não foi em uma loja de grife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário